Riqueza Cultural é apresentada em Noite Cigana

Matéria por Carla Maciel
http://www.brazilsite.com.br 

“Santa Sara Kali foi jogada ao mar e fez uma única promessa, que se chegasse em terra firme com vida, em sinal de gratidão, usaria um lenço em respeito ao povo que lhe acolhesse. E estes povos foram os ciganos”

O Revelando São Paulo mostra e desvenda a riqueza cultural cigana para o Estado e para o mundo. Uma noite encantada e especial é marcada com o Cortejo de Santa Sara, que desce do alto do parque da Água Branca, com mais de trezentos ciganos reunidos. Colorido, brilho e estampas fizeram da I Noite Cigana uma festa de alegria e integração. Quatro gerações de famílias, de distintos clãs de São Paulo, traziam diversas características dos ciganos de todo o mundo. Tradição, resistência e fé. Em cima do carro de boi estavam quatro crianças (CHAVORES) e a figura feminina mais respeitada do clã, a cigana Esmeralda Bibi. A Santa Sara é levada, seguindo a tradição, através das mãos de uma criança. Em torno do carro de boi, quatro guardiões representando os pontos cardeais – Norte, Sul, Leste e Oeste - e os elementos – Água, Terra, Fogo e Ar protegem a Santa. Todos acompanham o cortejo e caminham em direção a arena para dar início ao Ritual do Fogo. A cigana Lyanka, da clã LOVARI, inicia o ritual de limpeza espiritual, acompanhada pela oração em Romanês, feita pelo cigano PURO ROM - o mais velho e respeitado do clã MATCHUAIA, Horácio Nicolich - contemplando a paz, saúde e prosperidade. A fogueira se acende e o cigano Yago inicia, também no dialeto Romanês, a oração de Santa Sara. Todas as pessoas celebraram este momento de fé. O ritual finaliza, e Santa Sara é levada para o seu altar preparado na arena. Um momento inédito e espontâneo encanta a todos: a reunião de diversas ciganas dançando em agradecimento a Santa Sara Kali ao redor da fogueira. As apresentações têm início no palco. O grupo MANIJI apresentou a dança cigana característica da Índia, marcadas por bastões de madeira (KALI), espadas e punhal. A Hungria é exposta através da dança dos grupos JOHAN e do ESPÍRITO GUITANO. A dança cigana espanhola foi apresentada através do grupo LUZ AMETRINO e encantaram o público com as danças flamencas ciganas e com diversos lenços coloridos. A região Oriental também esteve presente na apresentação da Surya Moura. Um grupo de crianças ciganas apresentou a Rumba Flamenca e fecharam com chave de ouro as apresentações de dança. Nesse momento, uma homenagem é feita. O cigano Yago presenteia Toninho Macedo – diretor Artístico do evento - com a figura da Santa Sara Kali. A festa finaliza em ritmos ciganos com a banda GUARDIÕES DA NOITE DO ORIENTE. Todos os ciganos seguem para comemorar esta grande celebração com um jantar oferecido pelo evento que teve como cardápio o tradicional “Canjão”.

OS GRUPOS QUE SE APRESENTARAM FORAM: 
* JOHAN (CAPITAL)
* ROMANYI DJI (SANTO ANDRÉ)
* MANIJI (SANTO ANDRÉ)
* LUZ AMETRINO(CAPITAL)
* SURYA MOURA ( SÃO BERNARDO)
* ESPIRITO GITANO (CAPITAL)
* CONCHITAS, (CAPITAL)
* LUNA GITANA (PIRITUBA)
* ROMANYI CHAVORE (SANTO ANDRÉ)
* GRUPO CIGANO DA TERCEIRA IDADE (CRUZEIRO).

GERALMENTE O CIGANO NÃO TEM IDENTIDADE, CPF E CONTA EM BANCO. TODA A RIQUEZA É CARREGADA NO CORPO, 
POR ISSO INVESTEM EM OURO E MUITOS DELES APLICAM NO DENTE.

MUDANÇAS
ANTES: OS CIGANOS ERAM ENTERRADOS COM TODA OS SEUS PERTENCES, INCLUSIVE COM A RIQUEZA QUE TINHAM CONSEGUIDO DURANTE SUA VIDA.
HOJE: A RIQUEZA É REPASSADA PARA OS FILHOS.

CULINÁRIA 
SARMÁ (mistura de arroz, lentilha, carne de porco e tempero cigano).
SARMALI (troixinha de folha de repolho com recheio de carne bovina e tempero cigano).

CURIOSIDADES NA CULINÁRIA
OS HOMENS SÓ PREPARAM O PORCO E O CARNEIRO.

O ARTESANATO CIGANO TRAZ MUITO METAL E TACHOS DE COBRE.

TRABALHO DA MULHER - COZINHAR, LER CARTA E MÃO.

TRABALHO DO HOMEM - COMÉRCIO, ARTESANATO, MÚSICA E DANÇA.

EXISTEM CIGANOS EM VÁRIAS RELIGIÕES DIFERENTES.

O LEMA ÚNICO DO CIGANO É A CONFIANÇA.

O ESPÍRITO CIGANO NASCEU DA LIBERDADE E ESTA PALAVRA MARCA A CULTURA CIGANA. INDEPENDENTE DOS TEMPOS ATUAIS, ONDE MUITOS JÁ TEM MORADIA FIXA, ESTE ESPÍRITO DE LIBERDADE É PRESENTE EM TODOS.

CURIOSIDADES
MUITOS CIGANOS QUE NÃO QUEREM PERDER O COSTUME TRADICIONAL, MESMO TENDO UMA CASA, MONTAM UMA TENDA NO QUINTAL PARA DORMIR.

UM POUCO MAIS DA CULTURA CIGANA

Na cultura cigana, a tradição só permite apenas que mulheres virgens, crianças ou senhoras carreguem a Santa Sara.

O Romanês é o dialeto mundial dos ciganos ROMS – do leste europeu – e permite que ciganos de todos os lugares se entendam. Este dialeto é ensinado de pai para filho e sua base é a fala, não a escrita. Quando transcrito, escreve como se fala.

Em algumas regiões, o dialeto é mais específico, refere-se ao dialeto usado pelos ciganos KALONS, que se dialogam através do KALÉ. Esta diferenciação se mantém e permite que os outros clãs não os entendam, além de não possibilitar as misturas dos clãs.

No altar, mais tradição viva, o altar da Santa é composto por todos os seus elementos: girassol, trigo, maça, punhais, vinho, água e sal, MANRÔ (pão cigano).

NA LÍNGUA CIGANA – DEUS PRONUNCIA DEULA

IGREJA CATÓLICA – NO SUL DA FRANÇA SAINT MARIE DE LA MER – EXISTE UMA GRUTA COM O ALTAR DA SANTA SARA. ONDE NO DIA 24 DE MAIO, CIGANOS DO MUNDO INTEIRO SE REUNI PARA COMEMORAR O DIA DE SANTA SARA.

LEMA DOS CIGANOS: 
“O CÉU É NOSSO TETO, O CHÃO É NOSSA PÁTRIA”

BANDEIRA
NA PARTE SUPERIOR - (COR AZUL) REPRESENTA O TETO PARA O CIGANO.
NA PARTE CENTRAL - O SÍMBOLO REPRESENTA A RODA VURDOM (CARROÇA DOS CIGANOS) COM O QUAL PERCORRERAM O MUNDO.
NA PARTE INFERIOR – (COR VERDE) REPRESENTA O CHÃO PARA O CIGANO.

A RELAÇÃO DE UM CIGANO HOMEM COM UMA NÃO CIGANA (GADJI) É PERMITIDO.

A MULHER QUANDO SE RELACIONA COM UM NÃO CIGANO – TEM QUE FUGIR DO CLÃ.

ENTRE 12 OU 13 ANOS A MULHER SE CASA. O CASAMENTO É ACERTADO ENTRE AS FAMÍLIAS ANTES DO NASCIMENTO. O CASAMENTO IDEAL É COM A FAMÍLIA MAIS TRADICIONAL E COM MAIS DOTES DO CLÃ.

DESMISTIFICAÇÃO 
TEM ALGUNS GRUPOS (KALONS) QUE MANTÊM A TRADIÇÃO DE LÊ CARTAS E MÃO NAS RUAS, ISTO POSSIBILITA A INTEGRAÇÃO DE NOVAS PESSOAS QUE COMEÇAM PRATICAR ESTE TRABALHO PARA CONSEGUIR DINHEIRO, APLICAM GOLPE E SE DIZEM CIGANOS. MAS NÃO SÃO. ISTO CONTRIBUI PARA A MÁ FORMAÇÃO E COMPREENSÃO DA CULTURA CIGANA.

© 2018 por Eliane Vituzzo | Kumpania Romai do Brasil. 

  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Youtube

Eliane Vituzzo - Atendimentos, Cursos & Eventos - 55 11 982.570. 835  (Whatsapp)
Baralho Cigano, Cafeomancia,Tarô, Numerologia, Florais de Saint Germain, Portal Estelar